Estamos no Twitter! Siga-nos para obter informações sobre Minecraft e a wiki. 

Pocket Edition

De Minecraft Wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Pocket Edition
McPeLogo.jpg
Autor(es)
Plataforma(s)

AndroidiOSFire OSWindows 10
Gear VRApple TVAmazon Fire TV

Escrito em

C++[2]

Última versão

Android: 1.0
iOS: 1.0.1
FireOS: 1.0
Windows 10: 1.0
Gear VR: 1.0
Apple TV: 1.0
Fire TV: 1.0

Lançado em
Xperia PLAY
16 de agosto de 2011
Android 3.0+
7 de outubro de 2011
30 de janeiro de 2013 (2.3+)
31 de dezembro de 2015 (3.0+)
iOS 8.0+
17 de novembro de 2011
15 de agosto de 2013 (5.0+)
27 de abril de 2016 (6.0+)
13 de junho de 2016 (8.0+)
Fire OS 3.0+
02 de abril de 2014 (3.0+)
Windows 10
29 de julho de 2015
Gear VR
27 de abril de 2016
Apple TV and Fire TV
19 de dezembro de 2016
Faixa etária
Tamanho
  • iOS: 162 MB
  • Android: Varia de versões do aparelho
  • Amazon: 82.4 MB
  • Windows 10: 208.01 - 212.45 MB
  • Gear VR: 143.52 MB
  • Apple TV: 237 MB
  • Fire TV: 83.1 MB
Licença

Proprietário

Fonte disponível

Não

Links

Minecraft: Pocket Edition é a versão móvel do Minecraft Desenvolvido por Mojang AB.Foi inicialmente lançado exclusivamente pela Xperia PLAY na Google Play[13] para US$6.99 em Augosto de 16 de 2011. Mais tarde, foi lançado para outro Android dispositivos em 07 de outubro de 2011.[14] Minecraft Pocket Edition para iOS dispositivos foi lançado na quinta-feira, em 17 de novembro de 2011[15]no iOS App Store. Em 13 de setembro de 2012, o Pocket Edition foi disponibilizado para compra na Amazon Appstore. Em 02 de abril de 2014, o Pocket Edition foi lançado para a Amazônia Fogo TV, com suporte para o controlador do Fogo TV.[16]A demo/versão básica do jogo, que era essencialmente versão 0.2.1 sem mundo de economia funcionalidade, estava disponível até 21 de outubro de 2013, sendo similhar a versão alpha de PC. Em 10 de dezembro de 2014, o Windows Phone versão foi lançada na Windows Store, No entanto, essa versão desde então foi oficialmente descontinuado. Desde então, quatro adaptações do Pocket Edition foram lançadas para Windows 10 (Windows 10 Edition), o Samsung Gear VR (Gear VR Edition), o Apple TV (Apple TV Edition), e o Amazon Fire TV (Fire TV Edition).[17][18][19][20]

Gameplay[editar | editar código-fonte]

O objetivo do jogo continua o mesmo da versão original de PC e Xbox 360 Edition homólogos, onde os jogadores podem construir em realidades virtuais de um ambiente em sandbox. Também contém vários dos elementos de sobrevivência comos das outras versões. No entanto há ausência de comandos, alguns mobs, a dimensão o fim e chefes. Todo o gameplay é adaptado para portáteis, tendo a versão sua própria interface. As versões tanto de iOS quanto de Android do Minecraft Pocket Edition têm o mesmo gameplay,[21]

O HUD e os outros elementos estão adaptadas aos padrões celulares de jogo. Interações são feitas através de tela sensível ao toque (tanto as versões iOS e Android de Pocket Edition tem a mesma jogabilidade[22]). Para cumprir com as desvantagens de jogabilidade tela sensível ao toque, vários recursos foram revistos. Por exemplo, a crafting sistema utiliza a MATTIS sistema e os itens são eliminados por longo tocando seu ícone na hotbar. Para uma melhor visibilidade em telas móveis, blocos sendo destinado a se destacam em vez de esboçado. Ao contrário de menu de elaboração do móvel, o Windows menu de elaboração de 10 edições é semelhante ao PC e menu de elaboração Console. O jogo foi lançado com gráficos semelhante à de Minecraft Alpha (Blocos de grama verde brilhante, textura velha calçada, etc.), mas a partir de Alpha 0.8.0, gráficos tornaram-se equivalentes, e sem dúvida melhor, do que a versão PC com tingimento de luz e sombra afetada pela Sun's posição. Diferenças em relação a edição para PC incluem:

  • Cada mob tem algum tipo de diferença dos seus homólogos de PC. Consulte a seção Mobs abaixo.
  • Multiplayer permite 3 modos de conexão jogador:
    • Através de uma rede local, permitindo por 5 jogadores para estar em um único servidor
    • Através Pocket Realms (A partir de Alpha 0.7.1) Pocket Realms foi fechado em Alpha 0.7.6
    • Através de um servidor externo criado pelo usuário (a partir da versão Alpha 0.7.4)

Diversividade:[editar | editar código-fonte]

Pocket Edition se difere em múltiplos elementos em relação a versão de PC. Gráficos mais vibrantes, gerração terreno revisado, melhor iluminação e diversos itens são exclusivos. Em quanto ele se atualiza com fatores do PC, também faz seu próprio progresso. Certos Skin Packs estão disponíveis, além da possibilidade de deter mundos finitos (256x256 blocos).

Uma screenshot do jogo.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

O vídeo de um protótipo foi lançado no Twitter,[23] mostrando o jogo no Xperia Play. A versão alpha foi lançada recentemente, e no dia 7 de Outubro de 2011 já não era mais exclusiva do Xperia Play. A versão não-exclusiva iria ser lançada em 29 de Setembro para Android [24] mas houveram vários bugs graves que precisavam ser corrigidos, o lançamento foi adiado até o dia 7 de Outubro.

Uma versão para os dispositivos iOS foi confirmada para ser lançada antes de 2012, em uma entrevista com a Mojang [25] e posteriormente foi lançada no dia 17 de Novembro de 2011.

Alpha[editar | editar código-fonte]

Arquivo:MinecraftPE logo.png
Logo used until 0.7.1's slight change logo

Após os lançamentos iniciais para iOS e Android, atualizações foram lançadas em paralelo, com as mesmas funcionalidades sejam adicionadas para ambas as plataformas. Durante a fase Alpha, foram introduzidos no Pocket Edition, incluindo vários aspectos do jogo: crafting, smelting, mais blocks, items, mobs e mais modos de jogo para aproximá-la para a versão PC. Como a equipe de desenvolvimento de Minecraft Pocket Edition trabalha de perto, muitas vezes blocos lançados na versão de computador são lançados na mesma época para o Pocket Edition.

Snapshots[editar | editar código-fonte]

A partir do dia 22 de novembro de 2013,[26] Mojang começou a divulgar publicamente as versões de teste de atualizações completas para os usuários do Android que optam para o programa beta, a fim de obter maior feedback, especialmente para relatórios de erros. Isso permitiu que as atualizações oficiais a ser consideravelmente mais estável.

Versões de 0.8.0 para 0.12.1 necessária optando em um Google+ group para receber construções de desenvolvimento. Os jogadores, então, ver as atualizações de desenvolvimento atualizações aparecem como atualizações normais na Play Store. Em 17 de julho de 2015, o grupo Google+ foi removido devido à quantidade de spam e anúncios que o grupo atraiu."[27][28][29] Em 03 de novembro de 2015, a equipe PE Beta publicou um Blog dedicado[30] que foi posteriormente utilizada para os usuários a optar no programa beta 0.13.0 e exibir changelogs para compilações desenvolvimento destes.

Sucesso[editar | editar código-fonte]

Em dezembro de 2013, Pocket Edition já vendeu 16,5 milhões de cópias, enquanto no mesmo tempo, PC tinha vendido 13 milhões. Estes cálculos saiu após a atualização 0.8.0.[31]

Em 9 de janeiro de 2015, Jeb anunciou que Pocket Edition já vendeu mais de 30 milhões de cópias[32] (no momento, PC já vendeu mais de 18 milhões).

Este é considerado um enorme sucesso, tendo Pocket Edition ser mais popular do que qualquer edição, embora considerados os menos desenvolvidos.

É também normalmente no top 10 e, por vezes # 1 na App Store e Google Play Paid Apps »Secção 'na' 'Top Charts' '.[33][34]

Controles[editar | editar código-fonte]

Android & iOS[editar | editar código-fonte]

As versões de Android e iOS apresentam um D-pad no canto inferior esquerdo da tela, que controla o movimento. O botão de pulo está localizado no centro do d-pad. A partir de 0.6.0 o d-pad é mais bloqueado, e quando se move para a frente, dois botões aparecerão. Note que quando se está indo em direção a um bloco adjacente que está um nível mais elevado do que o jogador, você irá automaticamente saltar para cima do bloco. Pode-se colocar blocos tocando a tela no local desejado. Destruir blocos é semelhante à forma da versão para PC, mas em vez de clicar o mouse, o jogador deve pressionar e soltar a tela no bloco. Agora para a mudar a visão de terceira pessoa, tem que ser através da tela de pause, os botões do menu e voltar vão abrir a tela de pause. Para abrir o inventário, toque no botão com três pontinhos à direita da barra do inventário. Você pode tocar e segurar o item no inventário para soltá-lo.

Android também tem um incrível editor de Mundos que flutua direito sobre a tela, junto com o Minecraft PE. Ele é chamado de Minecraft World Edit. Link: [1]

Xperia PLAY[editar | editar código-fonte]

*Controle com botões similares ao do PlayStation:

PlayStationTriangle.png - Abrir inventário

PlayStationCircle.png - Alterna itens para a esquerda na barra de inventário

PlayStationX.png - Pular (para voar pressione duas vezes no modo Criativo)

PlayStationSquare.png - Alterna itens para a direita na barra de inventário

D-Pad: Movimentar

Touchpad esquerda: Esgueirar

Touchpad direita: Olhar/Virar

Select: Abre menu de crafting (Apenas no modo sobrevivência)

Menu: Pausar

* Para voar: Pressione o botão de pular duas vezes. Para voar mais alto, segure o botão de pular e pressione para cima no direcional. Para voar para baixo, segure o botão de pular e pressione para baixo. (Apenas em modo criativo)

Características no Tablet[editar | editar código-fonte]

Todos os dispositivos têm uma opção para habilitar controles de Split Touch, que podem ser mais adequados para telas maiores. Há uma "cruz", e a metade direita da tela permite ao jogador girar a câmera. Algo que pode facilitar a precisão de colocar e retirar blocos.

Além da diferença de tamanho da tela que permite 6 slots na barra de inventário assim como outros dispositivos, a versão para tablet do jogo é a mesma que as outras versões, daí a possibilidade de jogar multiplayer de plataforma cruzada com outros dispositivos.

Windows 10 Edition[editar | editar código-fonte]

Windows 10 Edition tem 3 opções de controle:

  • Teclado: controles semelhantes para PC, embora os controles para cada chave não podem ser alterados.
  • Tela sensível ao toque: Usado com tela sensível ao toque do Windows 10 do PC. Os controles são exatamente como os de Pocket Edition.
  • Controlador: Use com controladores compatíveis, com um layout semelhante ao botão controles Edição Console . No entanto, esses controles podem ser personalizados.

Requisitos do sistema[editar | editar código-fonte]

Android iOS Windows Phone
versão Android 4.2 "Jelly Bean" (MCPE 0.11.1 & sob exige Android 3.0 ou superior; MCPE 0.7.2 & sob exigem Android 2.3.0 e acima) iOS 5.1.1 (MCPE 0.7.2 & sob requerem iOS 4.3.3 e acima) Windows Phone 8.1 ou mais tarde
processador Tanto com o apoio de cálculos de ponto flutuante ("ARM-v7a code") 600 MHz ARMv7 Cortex CPU
800 MHz Apple A4 CPU
1.2 GHz ou mais tarde
gráficos Qualquer com o apoio de OpenGL ES 2.0
armazenamento 12.5 MB (100 MB para 1GB para salvar um map) 9.5 MB (100 MB to 1GB para salvar um map) 14.0 MB (100 MB to 1GB para salvar um map)
Conexão de dados opcional (acesso Realms) opcional (acesso Realms) opcional (acesso Realms )
Dispositivos suportados

Sony Ericsson Xperia Play[35]
Sony Ericsson Xperia X10i

Sony Ericsson Xperia Ray[36][37]
Sony Ericsson Xperia Mini Pro[37]
more

iPod Touch (3rd, 4th, 5th, 6th Generation)
iPhone (3GS, 4, 4S, 5, 5C, 5S, 6, 6 Plus, 6S, 6S Plus)
iPad (1st, 2nd, 3rd, 4th Generation, Air, Air 2)
iPad Mini (1st, 2nd, 3rd, 4th Generation)
iPad Pro
more
Windows Phone 8.1

Windows 10 Mobile

Alguns dispositivos abaixo estas especificações têm sido conhecida a funcionar bem com ou sem custom ROM imagens, kernels, e overclocking da CPU. No entanto, a CPU "MSM7227" não é suportado devido à sua falta de unidade de ponto flutuante.[38]

Dicas de auxílio[editar | editar código-fonte]

  • Certifique-se de que a bateria está carregada, e/ou conectada (jogos 3D consomem rapidamente a bateria).
  • Acostume-se com os controles antes de jogar em servidores (é fácil quebrar um bloco sob uma tocha por engano).
  • Toque e segure um item no inventário para soltá-lo.
  • Ligação Peer-to-peer em rede requer 19132 porta TCP ou UDP
  • Se você está tendo problemas com a precisão dos pontos do bloco - ligar controles de toque de divisão. Isso traz a mira do PC e versões de console para permitir a colocação mais precisa. Além disso, você não tem que mover o dedo ao redor da tela muito.
  • Se você quer mover seu mundo PE antigo para um computador, veja estas instruções.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Exemplo de blocos "pregados" à parede de mundos infinitos, bug de versões anteriores
  • Jogadores podem ter skins na versão iOS e Android, substituindo char.png no arquivo app. No entanto, a skin escolhida aparecerá como a skin de outro jogador se jogar em locais de Wi-Fi gratuito. Mas na versão 0.11.0+ este erro foi reparado e agora os jogadores podem colocar suas skins corretamente e podem ver a skin dos jogadores sem bugs. [39]
  • Blocos com "Gelo" e "Folhas da Selva" são opacos, independentemente das definições gráficas.
  • Sementes de Cacau podem ser criadas a partir de corante laranja e saco de tinta. Cogumelos vermelhos podem ser fundidos para corantes vermelhos.
  • O arquivo terrain.png no APK encontrado em dispositivos Android é quase idêntico ao da versão de PC, contendo texturas de itens não implementados no Pocket Edition tais como caldeirão e Portal do End.
  • É possível jogar multiplayer via Bluetooth, mesmo que não tenha sido codificado para o jogo. Tutorial aqui. (não disponível desde iOS 6)
  • A parede de mundos antigos também é cortada pelo limite de altura permitindo aos jogadores passar por ela.
  • A distância em colocar/destruir um bloco é de 4-6 na versão PC, mas no iOS/Android é 6-9.
  • Filhotes de animais geram naturalmente.
  • No PE Lite, o fato de que crafting, "smelting" (fundição) e comer é impossível dá várias características positivas.
    • Algumas ferramentas duram para sempre.
    • Você tem quantidade indefinida de qualquer coisa exceto matérias-primas.
  • O bloco Monster Spawner está disponível no menu do modo criativo

Galeria[editar | editar código-fonte]

Menu screens[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b